Estou em Burnout

Burnout é um distúrbio psicológico com uma orientação depressiva, que foi identificado por Herbert J. Freudenberger. Ou seja, o Burnout é uma depressão do trabalho (causado pelo trabalho), ou depressão no trabalho (só sente depressão quando está no trabalho). Ela existe em muitas profissões com altos níveis de stress e pressão, pouco se fala dela na área da cozinha. Noutras profissões fazem-se milhares de artigos sobre o Burnout, mas na área da cozinha ou em hotelaria são raros os artigos, como se fosse normal…

Há como que, uma espécie de normalização do stress associado à profissão, o que deve ser desmistificado!

A crise que afectou Portugal nos últimos anos, fez disparar os números e casos de Burnout em Portugal. O sector hotelaria trabalha cada vez mais, com menos mão de obra e mais exigência.

Quando a depressão ou o Burnout “bate à porta”, é importante identificar os sintomas e começar a tomar medidas para evitar males maiores. Nunca se deve brincar com a depressão no trabalho e devemos de perceber se temos colegas com estes sintomas, caso contrario podemos ter casos extremos como violência no trabalho ou suicido.

Isto acontece porque existem situações no seu local de trabalho que lhe estão a desgastar e ameaçam o seu bem estar.

confusion

Pode haver duas formas de identificar o Burnout, a parte interior – como se pode sentir o individuo com a síndrome, e parte exterior – como se pode exprimir o individuo com a síndrome.

no Interior:
– exaustão (não é exaustão física mas sim psicológica)
– frustração (só o facto de se levantar de manhã e ter de ir para o trabalho você já se sente frustrado)
– incapacidade (certos problemas que aparecem, você pode-se sentir incapaz de os resolver)
– levar o stress consigo (sentir-se sempre angustiado e com stress)
– irritabilidade (sentir-se sempre irritado com tudo e com todos)
– sentir-se fracassado ou sem realização profissional (você tinha planos para si mas não os consegue realizar)
– sentir-se omnipotente (você sente que não consegue lutar contra os problemas)

no Exterior:
– não dormir o suficiente
– falta de descanso (por exemplo: está na época baixa e sente-se todos os dias cansado)
– agressividade constante (para com os colegas e amigos)
– lapsos de memória
– mudanças bruscas de humor
– pessimismo
– impaciência
– manifestações físicas (vómitos, dores de cabeça, distúrbios gastro-intestinais, etc)

Para clarificar, o excesso de stress no trabalho pode levar ao burnout e não ao contrário. Enquanto você tiver stress no trabalho, você ainda vai conseguindo ter algum controle sobre a situação e com esperança de melhorar as coisas, no burnout você já não quer saber e sente um profundo vazio.

Stress

Burnout

Sobre-investimento Desinvestimento
Emoções ao Rubro Sem Emoções
Urgência e Hiperactividade Desamparo e Desesperança
Falta de Energia Falta de Motivação e Ideias
Ansiedade Depressão
Pode encurtar expectativas na vida Sem prazer de viver

Como já referi, existe uma espécie de normalização destes sentimentos. É normal falarmos entre colegas de profissão que é preciso haver dedicação, esforço, espírito de sacrifício, trabalhar horas a fio, ler, estudar… Há as vezes, uma espécie de auto-glorificação por se sacrificar tanto. Mas podemos estar a tentar camuflar a nossa depressão e cansaço psicológico. Muitas vezes o Burnout é um dos factores que são responsáveis por haver constantes mudanças de trabalho dos profissionais do ramo hoteleiro. Trabalham em vários sítios em menos de 1 ano, á procura de satisfação profissional, que parecem nunca encontrar…

Com o crescente “boom” turístico em Portugal, os hotéis, os hostels, restaurantes e afins, abrem como cogumelos pelo país fora, e é cada vez mais comum haver empresas familiares, mas a maioria destas não sabe lidar com os seus colaboradores e são eles muitas vezes a principal causa do Burnout/depressões no trabalho.
(prometo escrever um outro artigo sobre isto).

No entanto, isto não é só um problema em Portugal, ou de uma área especifica:

 

Para ler também:
https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADndrome_de_burnout
http://www.rtp.pt/noticias/pais/sindrome-de-burnout-afeta-cada-vez-mais-os-portugueses_v852620
https://www.publico.pt/sociedade/noticia/esgotados-e-pouco-realizados-mais-trabalhadores-com-sintomas-de-burnout-1720651

 

 

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

© [2016] Gonçalo Queiroz | Todos os direitos reservados.  Consulte a nossa Política de Cookies.

Log in with your credentials

Forgot your details?